COLCHÕES ORTOBOM

COLCHÕES ORTOBOM

Vendas de veículos novos avançam 22% no Ceará e marcam recuperação do setor



As vendas de veículos novos avançaram 22,08% no Ceará em março deste ano, na comparação com fevereiro, desempenho que sinaliza a recuperação do setor, fortemente impactado pela crise econômica no Brasil nos últimos três anos. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o número de carros comercializados cresceu de 3.428 para 4.185. Em 2018, as vendas no Estado estão acumuladas em 11.355 unidades.

Em relação a março de 2017, a alta nas vendas foi de 9,33%. O total de veículos comercializados no mês em questão saiu de 3.828 para 4.185. O melhor resultado do setor no Ceará também aumentou a participação dos segmentos automóveis e comerciais leves, passando de 41,71% para 45,75% do total de veículos vendidos no período.

Levando em conta todos os segmentos, o crescimento no Ceará foi de 19,78% em março ante fevereiro. Foram 9.061 contra 7.565 unidades comercializadas. Comparando março de 2018 com março de 2017, houve leve recuo de 1,03%.

Retomada do crescimento

O presidente da Fenabrave-CE, Fernando Pontes, diz que os dados relevam que o setor, tanto no Estado quanto no País, retomou o crescimento. "O nosso mercado está reagindo bem às políticas econômicas do Governo Federal, como a redução da taxa básica de juros (Selic) e da inflação. E isso tem refletido nos parques industriais das montadoras no Brasil", observa.

Questionado se a queda da Selic, atualmente em 6,75% ao ano e podendo chegar a 6,25% ainda em 2018, Pontes garante que, no setor de automóveis, a redução tem chegado ao consumidor final. "Os bancos estão colaborando muito, no sentido de reduzir taxas e facilitar as condições de financiamento ao cliente. Estamos percebendo isso, e também está mais fácil negociar", acrescenta.

De acordo com ele, a expectativa é que, em 2018, sejam vendidos no mínimo 40 mil veículos no Ceará, número que, mesmo se concretizado, ainda ficará longe da média que costumava ser alcançado anualmente no Estado, de 60 mil unidades.

"Mas, sem dúvida, saímos da crise. Nos último três anos, as concessionárias do Ceará estavam vendendo em torno de 35 mil veículos, no máximo. Ou seja, estamos avançando. E o mês de março mostrou isso. Há um otimismo em relação à economia. Tanto os donos quanto os funcionários das revendas estão mais felizes, pois estão fechando um número maior de vendas", reforça Fernando Pontes.

Fortaleza

Em Fortaleza, que concentra a maior parte das vendas de veículos no Ceará, o desempenho no mês passado foi melhor do que a média estadual. Segundo a Fenabrave, em março, os consumidores compraram 2.727 automóveis e comerciais leves na Capital cearense.

Na comparação com fevereiro, o número é 24,46% maior. As vendas pularam de 2.191 para 2.727 unidades de um mês para o outro. Em relação a março de 2016, o avanço foi de 6,32%.

Considerando todos os segmentos de veículos, o aumento das vendas no Ceará foi de 23,47% de fevereiro para março, tendo a quantidade de unidades saltado de 3.302 para 4.077. Em relação a igual mês de 2017, o crescimento foi menor, de 0,87%.


O Povo Online
_________________________________________________________________________________

Tom Gurgel. Tecnologia do Blogger.